segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Caio Leitor 12: Alguns caminhos

Muito tenho lido, mas não como gostaria. Falta o tempo para aquela entrega necessária, a gente dentro do mundo urdido em palavras sem chamado de volta. Leitura sendo sempre interrupção acaba criando hiato entre o lido e o ainda por ler. Faz com que me sinta pouco participante daquele mundo no qual mergulhei. Além das leituras da Confraria Reinações: Meu pé de laranja lima, Isso não é um filme americano, O mistério das aranhas verdes, A ilha do tesouro, O jardim secreto, Foguinho, entre outros, pouco tenho lido. Cada mês, uma leitura que, por vezes, se revela boa surpresa, como ocorreu com A história sem fim, mergulho viceral no universo de Michel Ende, e com O gato malhado e a andorinha sinhá, do Jorge Amado, sensível fábula sobre o amor e a morte.
E no momento, me divido em três: Reparação, Crepúsculo e O menino do dedo verde. Este com maior necessidade de leitura, é o livro da Reinações de outubro.

2 comentários:

Vitor Simon disse...

Boas dicas, Caio. Obrigado. Aproveito para divulgar meu blog, livromorto.blogspot.com. Mas não se preocupe, não quero que o livro morra. Apenas estou juntando histórias que poderiam virar livro. É uma espécie de desafio aos escritores, para que não as deixem morrer. Um desafio a mim mesmo. Entra lá e confere. Abraço, Vitor.

naruto disse...

nos somos alunos do colegio gusmao britto e lemos o livro o garoto que nao era de liverpool e gostamos do livro pq o assunto do livro e do vocabulario por que possue frases curtas e diretas.
ass: