sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Um livro para professores

Pois é, aconteceu em minha vida de escrita o que vinha, de certa forma sendo soprado em meu ouvido há certo tempo. Mas negado: a escrita de um livro para professores. Na verdade, não é bem livro no sentido didático do termo. Não teço grandes teorias. Não uso linguagem acadêmica, naquela linha de usar palavras inacessíveis ao leitor comum ou termos especializados. Procurei escrever um livro que, como os de literatura, pudesse suscitar desejo de leitura, pudesse ser prazeroso e, ao mesmo tempo, suscitar algumas indagações. Queria escrever um livro que fosse gostoso de ler e que, ao mesmo tempo, pudesse ter uma discussão consistente. Discussão nascida não da teorização acadêmica, mas da experiência, da vida, do contato com livros em casa e na sala de aula. Assim surgiu A formação do leitor literário em casa e na escola. Livro nascido de um convite que a Eny Maia, editora da Biruta, me fez. Mais desafio do que convite. E eu, meio quixotesco, sem saber se teria condições de dar conta do recado, aceitei. Na Biruta, também publiquei o Meu pai não mora mais aqui, livro que me tem trazido alegrias muitas, quer pelo olhar positivo da crítica especializada que o tem feito participar de vários concursos literários, quer pelo retorno de leitores de todo o país, graças à sua indicação ao PNBE (Prova, aliás, de que a gurizada tá fazendo uso dos livros que o Governo Federal tem destinado às bibliotecas escolares).
Pois foi assim: a Eny convidou, cutucou, e eu aceitei o cutuco.
Escrevi um livro que quer dialogar, numa linguagem simples, com os professores. Livro que quer ser troca de experiências entre pessoas que curtem a leitura e que acreditam nela como fator de transformação. Dessa forma, optei em dividir o livro em três grandes momentos: minha experiência de leitura (como fui me transformando em leitor), minha experiência como pai que pretendia ter filhas leitoras e minha experiência como professor na formação de alunos-leitores. Há experiência, há reflexão construída a partir dos tantos anos de sala de aula e das tantas palestras, oficinas, e etc, que tenho realizado, há busca de apoio teórico, há sugestão de metodologia. Há.
Espero que esse livro possa ser carinho no coração de cada professor ao mergulhar em suas páginas (o que significará, também, mergulhar um pouco em minha vida). E logo logo ele estará por aí.

2 comentários:

Marli disse...

Opa! Já quero o meu. Vou divulgar.Abraço!

ludicalivros disse...

Fiquei muito interessada no livro.
Onde compro?