sábado, 21 de junho de 2008

Retratos de Caio - 1

É impressionante como a figura do escritor ainda atiça a curiosidade dos pequenos leitores. Em minhas andanças por diferentes cidades do RS, é comum atividades ou iniciativas próprias de alguns alunos que tentam "adivinhar-me" ou retratar-me. Creio que isto deva acontecer com todos os escritores que participam de encontros literários. Há um certo fascínio pela figura daquele que inventa histórias, de cria poesias, que dá asas à imaginação e, muitas vezes, vai ao encontro do coração do leitor, ao problematizar problemas muitos. Comigo, quando criança (e creio que até hoje), o mesmo ocorre: há uma esfera de magia que circunda meus autores preferidos, sobretudo aqueles com quem não compartilho o cotidiano.
Assim, inauguro, hoje, com o desenho do Rafael, da escola municipal Mario Quintana, um novo marcador: Retratos de Caio, que visa a revelar as diferentes representações de mim. Seguem junto, uns versos.

Caio Riter gosta de escrever
livros para a criança aprender
e com sua imaginação mexer
e assim reescrever
para suas histórias entender
e assim poder saber
e cada vez mais gostar de ler
para a alegria renascer

Um comentário:

Marli disse...

Hahahahaha... Mas que bonitinho...Eu daria nota 10 pra esse aluno. BJ