sábado, 22 de agosto de 2009

Os gaúchos no Jabuti

Matéria na Zero Hora de hoje

Três autores do RS concorrem a melhor romance no tradicional prêmio literário

A lista dos indicados ao Prêmio Jabuti, divulgada na quinta-feira, destacou o trabalho de 16 escritores e artistas gráficos gaúchos. Só na categoria romance, são três autores do Estado na disputa da mais tradicional premiação literária do país.São eles o músico e escritor Vitor Ramil (Satolep), Altair Martins (A Parede no Escuro) e Moacyr Scliar (Manual da Paixão Solitária). Há ainda Daniel Galera (Cordilheira), nascido em São Paulo, mas que viveu a maior parte da vida em Porto Alegre (confira no quadro ao lado os demais concorrentes).Nas categorias contos e crônicas, livro infantil e reportagem, repetem-se dobradinhas de gaúchos. Lya Luft foi indicada pelo livro de narrativas curtas O Silêncio dos Amantes, ao lado de Fabrício Carpinejar, com Canalha!. Era Outra Vez um Gato Xadrez, de Letícia Wierzchowski, concorre, entre outros, com E Um Rinoceronte Dobrado, de Hermes Bernardi Jr. Os jornalistas Eliane Brum e Luiz Cláudio Cunha disputam, respectivamente, com os livros-reportagem O Olho da Rua: Uma Repórter em Busca da Literatura da Vida Real e O Sequestro dos Uruguaios – Uma Reportagem dos Tempos da Ditadura.
Caio Riter está entre os indicados na categoria juvenil com Meu Pai Não Mora Mais Aqui, e Daniel Kondo recebeu duas indicações como ilustrador de livro infantil ou juvenil. Gaúchos concorrem em outras quatro categorias. A premiação será dia 29 de setembro.

Um comentário:

Maria Luisa disse...

Achei muito bom o livro do Caio Riter. Adorei!
Li pela primeira vez o livro do Caio quando a minha professora de português fes uma atividade em que todos teriam que ler o livro ''O Rapaz que não era de Liverpool'' e depois de ler o livro teriamos que realizar uma avaliação sobre ele.
Quando li o livro, eu adorei fiquei dois dias lendo o livro e sempre loca pra ler mais e mais paginas, pois a história era muito boa!Por um tempo uma estória e por outro uma realidade vivida por muitos adolescentes da minha
idade.

Meu nome é Maria Luísa Heinzmann
Sou aluna da Escola Maria Gusmão Britto, em São Leopoldo.
Fiquei sabendo que você virá aqui na minha escola , espero a sua visita!